Conheça nossos cursos
Conheça nossos cursos

Mercado de Trabalho

Nomadismo digital: o sonho de trabalhar de qualquer lugar do mundo

BLOG NEWTON PAIVA

Os melhores conteúdos sobre EAD e educação

Mercado de Trabalho

Nomadismo digital: o sonho de trabalhar de qualquer lugar do mundo

Blog da Pós EAD da Newton
Por Blog da Pós EAD da Newton em Jun 15, 2022 4:39:00 PM | 22 min de leitura

Imagine ligar o seu notebook e trabalhar na praia, na fazenda ou em uma casinha de sapê? 

Quem escolhe o Nomadismo Digital como estilo de vida tem a grande vantagem de decidir qual será a próxima vista do trabalho.  

Nesse estilo de vida, as pessoas não têm uma residência fixa e podem trabalhar remotamente, utilizando as tecnologias para executar suas atividades.  

Um relatório feito pela companhia Sodexo mostra que a flexibilidade para trabalhar em outros ambientes além do escritório tradicional é o segundo benefício preferido entre os brasileiros.  

Ou seja, o estilo atual de trabalho está mudando! O brasileiro está perdendo o interesse em viver a mesma rotina semana após semana. 

Parte disso tem a ver com o momento que estamos vivendo enquanto sociedade e como isso impacta na vida profissional. 

Estamos em tempos marcados por dois conceitos: VUCA e BANI. No contexto atual, estamos no BANI, que é abreviação para as palavras: Brittle, Anxious, Nonlinear e Incomprehensible.  

Em resumo, o mundo BANI se caracteriza pela sua fragilidade, ansiedade, não-linearidade e incompreensibilidade. Mas, calma, isso não necessariamente é ruim.  

O que podemos entender, resumidamente, é que vivemos uma sociedade em constante mudança e ansiosa por mais mudança, ao mesmo tempo que não sabemos para que lado essas mudanças irão. 

É essa sociedade que está vendo o Nomadismo Digital crescer cada vez mais. O Relatório Global de Tendências Migratórias 2022 da Fragomen, divulgado pela CNN, revelou que 1 bilhão de pessoas devem adotar esse estilo de vida até 2035.  

Continue a leitura para entender mais e descobrir se é para você!  

O que é o nomadismo digital 
Nômades digitais e o anywhere office 
Dicas para ter sucesso como nômade digital  
Profissões que permitem o nomadismo digital 
As melhores cidades para ser nômade digital 
O futuro do trabalho já chegou. Prepare-se! 
Conclusão 

Acelere sua carreira com a pós-graduação EAD da Newton Paiva!

O que é o nomadismo digital 

O Nomadismo Digital é um estilo de vida. As pessoas que o adotam utilizam a tecnologia para trabalhar, sem depender de escritório fixos. Isso faz com que elas não precisem, também, de uma residência física, podendo viajar pelo mundo inteiro, sem deixar a carreira de lado.  

É válido para regimes de trabalho com carteira assinada, profissionais autônomos, empresários e freelancers.  

Isso só é possível graças ao avanço da tecnologia, maior alcance da conexão com a internet e o privilégio de poder trabalhar remotamente. Essa não é uma prática recente, mas ganha repercussão a cada ano que passa.  

Portanto, para ser um Nômade Digital você precisa de um trabalho que possa ser executado remotamente. Vai precisar ter os equipamentos de trabalho que possam ser carregados de um ponto a outro e entender como utilizar serviços de nuvem.  

Com a parte profissional resolvida, é só ter disposição para viajar e viver sem uma residência física. E, claro, é preciso ter um salário capaz de cobrir os gastos desse estilo de vida.  

Nômades digitais e o anywhere office 

Um conceito essencial para os nômades digitais é o de Anywhere Office. Tradução literal: escritório em qualquer lugar. 

Trata-se do modelo de trabalho que pode ser feito em diferentes locais. Ou seja: qualquer lugar pode ser o seu escritório, já que os processos são todos digitais.  

Atualmente, muitas empresas já adotaram o anywhere office, pelo menos para uma parte da equipe. Exemplos:  

  • Amazon; 
  • Ifood; 
  • Nubank;  
  • Loft; 
  • Ambev; 
  • Pipefy; 
  • P&G; 
  • Banco Inter.  

Dicas para ter sucesso como nômade digital 

Você não está de férias  

Não confunda nomadismo digital com férias, sem responsabilidades e compromissos. 

Trabalhar enquanto viaja não é a mesma coisa que viajar a turismo. É preciso cumprir os prazos de entregas, comparecer a reuniões online e mais uma dezena de atividades referentes a sua função.  

Escolha passar mais tempo em cada local 

Você pode evitar muita correria e desgastes escolhendo passar mais tempo em cada cidade ou país. 

Alguns profissionais optam em viver alguns meses em cada destino. Durante este tempo, entregam seus trabalhos, conhecem melhor a cidade, a gastronomia e cultural local. Sem pressa e, principalmente, sem deixar de viver a experiência de estar livre no mundo. 

Locações em Airbnb e hostels têm sido uma saída para quem opta em não ter endereço fixo. Essas alternativas facilitam a sua escolha de espaços pelo mundo, além de conseguir estimar melhor o quanto vai gastar por temporada e o tempo que pretende ficar no mesmo local.  

Mantenha uma rotina  

Essa é uma das principais dicas para quem pensa em fazer seu escritório em qualquer lugar. 

Não importa a região do mundo em que esteja, criar uma rotina funcional é o primeiro passo para ser produtivo e aproveitar tudo o que seu novo destino tem a oferecer. 

Já pensou em adaptar a vida de nômade digital com a semana de 4 dias de trabalho? Esse movimento vem acontecendo pelo mundo e, até o momento, trouxe grandes vantagens para o colaborador e organização.  

Fuja de grandes centros e praias badaladas 

Se você pretende economizar nas viagens, não caia na armadilha de escolher grandes centros, praias conhecidas e regiões badaladas. 

Tudo vai ser mais caro: aluguel, alimentação, transporte, aquele cafezinho à tarde para aproveitar a conexão de internet do local e por aí vai.  

Prefira cidades próximas aos lugares mais conhecidos, assim você consegue economizar sem deixar de se divertir.  

Tenha um planejamento financeiro  

Entender o quanto vai gastar nesta jornada é fundamental no nomadismo digital. Estipule um limite diário para moradia e alimentação, sem esquecer do lazer, que pode ser aos finais de semana, caso não tenha muita reserva financeira.  

É importante também administrar as entradas de dinheiro. Seja por meio de salário mensal, como é o caso da CLT ou pagamento por projetos, no caso dos freelancers. 

Entender como funcionam suas finanças é o primeiro passo para fugir do sufoco.  

Estar longe também tem seus lados negativos  

É um erro pensar que tudo vai ser lindo e feliz no nomadismo digital. 

Você vai ter o privilégio de trabalhar enquanto descobre o mundo, mas, em contrapartida, ocasionalmente vai perder datas especiais com a família, encontros com amigos. Esteja preparado para isso, caso seja uma pessoa muito apegada.  

Saber as dicas é importante, mas seguir suas vontades também. Viva o nomadismo digital da forma que melhor funcionar para você.  

O trabalho remoto possibilita o nomadismo digital.

Profissões que permitem o nomadismo digital 

Muitas empresas que sempre optaram pelo expediente presencial precisaram se reinventar com o distanciamento social (medida preventiva para evitar a contaminação pela Covid-19).  

Os serviços e produtos essenciais seguem com atendimento presencial, enquanto outras organizações já implementaram o home office como modalidade definitiva de trabalho. Existem, ainda, as empresas que escolheram mesclar os dois formatos de expediente, criando o trabalho híbrido 

Para ser um nômade digital, é preciso ter um trabalho remoto ou até mesmo no modelo híbrido, dependendo da sua disponibilidade para viagens.  

Atualmente, os setores que mais oferecem o modelo de home office compatível com o nomadismo digital são o de tecnologia, finanças, consultoria, comunicação, educação, gestão empresarial e seguros.  

A lista de profissões é extensa, pois toda função que pode ser realizada a distância é uma possibilidade para quem quer adotar o nomadismo digital.  

Alguns exemplos abaixo:  

  • Publicitários;  
  • Editores de vídeos e fotos; 
  • Designers;  
  • Analistas de Sistemas;  
  • Redatores; 
  • Profissões do marketing digital;  
  • Programadores;  
  • Professores;  
  • Investidores; 
  • Produtores de conteúdo.  

As melhores cidades para ser nômade digital 

O que uma cidade ou país precisa ter para receber nômades digitais? 

Essa parece ser uma pergunta muito específica, mas, no final das contas, você vai entender que os locais não precisam de muitos requisitos para acomodar quem trabalha e viaja ao mesmo tempo.  

Primeiro ponto que se deve prestar atenção: internet de qualidade. E isso varia em cada cidade ou país. Para saber a qualidade da conexão é preciso pesquisar e perguntar para outras pessoas.  

Existem, também, serviços na internet com essas informações, como o Nomadlist, que tem suas informações atualizadas pelos próprios nômades digitais. Lá, é possível saber sobre custo de vida, segurança e, claro, qualidade da internet.   

E se o próximo destino tiver uma vista bonita e incentivos para a adesão do nomadismo digital, assim como o Rio de Janeiros faz com o projeto Rio Digital Nomeds, melhor ainda.  

A lista abaixo foi retirada do site Nomadlist e, portanto, são as melhores escolhas de acordo com pessoas que já vivem nesse estilo de vida. 

Confira:  

5 cidades para nômades digitais no Brasil:  

  • Rio de Janeiro (RJ)  
  • São Paulo (SP)  
  • Florianópolis (SC) 
  • Porto Alegre (RS)  
  • Fortaleza (CE)  

5 cidades na Europa para nômades digitais:  

  • Ilhas Canárias (Espanha)  
  • Lisboa (Portugal)  
  • Ericeira (Portugal)  
  • Budapeste (Hungria)  
  • Porto (Portugal) 

5 cidades no mundo para nômades digitais brasileiros:  

  • Buenos Aires (Argentina); 
  • Ko Pha Ngan (Tailândia); 
  • Medellín (Colômbia); 
  • Cidade do México (México); 
  • Belgrado (Sérvia). 
Viu só? Tem espaço para nômades digitais no mundo inteiro! 

Quais os destinos que você tem vontade de conhecer? Faça uma lista e pesquisa a possibilidade de trabalhar em casa uma delas.  

O futuro do trabalho já chegou. Prepare-se! 

Esse estilo de vida combina com as suas vontades? Então se jogue nas possibilidades e aproveite essa experiência única de trabalhar e viajar ao mesmo tempo.  

Para isso, é preciso primeiro romper com o modelo anterior de trabalho, fugir do padrão de ter um endereço fixo, estabilidade na carreira e abdicar períodos de tempo com família e amigos.  

Feito a transição, você tem a liberdade para escolher qual vai ser a próxima comida local a experimentar. 

Pode também fugir de períodos de frio e chuva, migrando para regiões com climas opostos, além de se conectar com pessoas em hostel, coworking e outros espaços colaborativos, que tenham o mesmo pensamento e estilo de vida que você.  

No nomadismo digital, dá até para estudar. Você pode concluir um curso de ensino superior, seja por meio de uma graduação ou pós-graduação EAD, e abrir novas oportunidades de trabalho.  

Na Pós +Carreira EAD Newton Paiva, você estuda quando puder e de onde estiver. Sem deixar de viajar. 

Comece sua pós-graduação EAD agora mesmo! Inscreva-se grátis.

Conclusão 

Há alguns anos, trabalhar remotamente era uma possibilidade totalmente descartada. Uma realidade distante e impensável. 

Como vimos no artigo, hoje temos à disposição ferramentas necessárias para fazer deste estilo de vida utópico algo real e funcional.  

Esteja preparado financeiramente e emocionalmente antes de largar a rotina e endereço fixo atual, para sair trabalhando por aí. 

É muito importante se planejar, ter uma reserva financeira para evitar imprevistos, saber idiomas caso deseje visitar outro país e o principal: ter um trabalho remoto e a vontade de desbravar o mundo.  

Mercado de Trabalho

Veja mais conteúdos da Newton Paiva sobre EAD e educação

Conheça a importância da leitura para a formação profissional

A importância da leitura é uma questão que nos atravessa desde os anos iniciais da educação e (por que não?) continua ...
13 min de leitura

Como fazer networking: o que muda no pós-pandemia?

Como fazer networking quando nossos hábitos estão muito diferentes no pós-pandemia?
12 min de leitura

A situação da Indústria 4.0 no Brasil

A Indústria 4.0 no Brasil tem sido um tema cada vez mais abordado dentro do contexto de mercado, em cursos da área de ...
18 min de leitura
Ver mais conteúdossobre Mercado de Trabalho