Conheça nossos cursos
Conheça nossos cursos

Mercado de Trabalho

Método PDCA: como tomar decisões melhores

BLOG NEWTON PAIVA

Os melhores conteúdos sobre EAD e educação

Mercado de Trabalho

Método PDCA: como tomar decisões melhores

Blog da Pós EAD da Newton
Por Blog da Pós EAD da Newton em May 17, 2022 11:01:00 AM | 13 min de leitura

O método PDCA se baseia em 4 etapas: planejar, executar, checar e agir. É uma metodologia de gerenciamento que pode ajudar empresas e profissionais a alcançar objetivos.  

Só quem já viu um projeto promissor morrer na praia entende a frustração de não ter conseguido fazer a ideia dar certo.  

Isso acontece com mais frequência do que se imagina: novas empresas que fecham antes de completar 2 anos, um projeto do trabalho que não bateu a meta, até aquele plano pessoal de ter uma vida mais saudável e que não foi para frente. 

O método PDCA foi criado para evitar esses tristes fins.  
 
Entender o que o método PDCA faz, onde pode ser implementado e como fazer as análises necessárias são passos importantes e que servem para contextos pessoais e profissionais.  

Quer mudar de carreira e não sabe por onde começar? Aplique o método. 

Pretende reorganizar sua forma de estudar? Experimente seguir o PDCA. 

Continue a leitura para entender mais: 

O que é o Método PDCA 
As 4 etapas do Ciclo PDCA  
Por que usar o Método PDCA na sua vida pessoal e profissional  
Como usar o Método PDCA 

Acelere sua carreira com a pós-graduação EAD da Newton Paiva!

O que é o método PDCA

O método PDCA é uma ferramenta de gestão usada nas empresas de todo mundo, dos mais diversos ramos de atividade, e também em situações da vida pessoal. 

Seu objetivo é a melhoria contínua de processos. Quando aplicado corretamente, traz agilidade, clareza, constância e precisão nas metas e resultados.  

O método PDCA é a junção de 4 fundamentos essenciais de estratégia e eles estão gravados, em inglês, nas iniciais que compõem o nome:  

  • Plan (planejar) 
  • Do (fazer) 
  • Check (checar) 
  • Act (agir) 

Com ele é possível avaliar se os esforços estão trazendo o resultado desejado. E se necessário, corrigir ações e pensar em novas estratégias.  

As 4 etapas do Ciclo PDCA 

Por ser um processo de melhoria contínua, o método também é conhecido como Ciclo PDCA. Isso acontece porque as análises dos dados, correções de erros e implementações de melhorias devem ser atividades constantes, o que faz o ciclo nunca se romper.  

Para entender melhor cada uma das etapas, vamos usar o exemplo simples que citamos lá na introdução deste artigo: o plano pessoal de ter uma vida mais saudável. 

1. Plan (planejamento)

Neste passo você deve identificar o problema a ser trabalhado, analisar os dados disponíveis e observar como o processo tem sido executado até então. A partir dessas informações, definir um plano de ação com objetivos claros e prazos definidos. 

Por exemplo: como o planejamento entra no plano de ter uma vida mais saudável? 

Vamos imaginar que Regina fez alguns exames de rotina e descobriu alterações que podem ser controladas com alimentação e exercício físico. 

O seu dia é cheio de demandas e nunca sobra tempo ou disposição para seguir o plano, mas agora não tem saída, é preciso melhorar a qualidade de vida.  

Quais são as informações que temos até agora?  

  • Objetivo: ter uma vida mais saudável; 
  • Problema: alterações nos exames de rotina e pouco tempo disponível no dia; 
  • Solução: se exercitar 4x por semana e melhorar a alimentação; 
  • Dificuldade: manter o foco e disciplina.  

Agora, quais são as ações que podem resolver essas questões?  

  • Se consultar com um profissional de nutrição e seguir um cardápio que atenda suas necessidades; 
  • Entrar em uma academia e seguir o treino proposto para o biotipo e objetivos da Regina;  
  • Malhar no primeiro horário, para cumprir o compromisso logo pela manhã. 
  • Apurar os primeiros resultados em 30 dias.  

2. Do (fazer)

Aqui é a fase da execução, hora de colocar em prática (e à prova) tudo o que ficou acertado no plano de ação.  

É a partir das percepções, experiências e resultados desta etapa que vamos entender o que faz sentido, quais pontos precisam ser corrigidos e quais são as mudanças necessárias para atingir o objetivo.  

Adaptando esta etapa para o caso da Regina, fica mais fácil entender como funciona a execução de um plano de ação.  

A consulta com o nutricionista foi ótima e o cardápio tem tudo o que Regina gosta de comer, mas são muitas refeições diárias e pouco tempo para preparar. 

Os lanches da manhã e tarde foram pulados e a meta diária de consumo de água não foi atingida. Quanto à atividade física, a matrícula na academia foi feita e as aulas estão pagas até o final do semestre, mas, por ser uma pessoa noturna, Regina faltou em vários dias porque não acordou a tempo.  

Com essas informações em mãos, muitas dúvidas surgem: qual mudança deve ser feita? É necessário incluir ou retirar ações? As respostas estão na próxima etapa.  

O Método PDCA foi criado para ajudar na tomada de decisão.

3. Check (checagem)

Essa etapa é o momento de virada do método PDCA. Após o término do prazo estipulado, é hora de analisar os resultados obtidos na execução do plano de ação, confrontar com os objetivos iniciais e seguir para a fase seguinte da ferramenta de gestão.  

Como podemos aplicar as atividades desta etapa no caso da Regina?  

O primeiro passo é analisar as impressões que temos, depois dos 30 dias de execução do plano de ação:  

  • No primeiro mês de plano de ação, Regina não seguiu a dieta à risca. O cardápio feito pela nutricionista possui muitas refeições por dia, o que acaba demandando muito tempo de preparo. Algumas refeições foram substituídas por ultraprocessados;  
  • Malhar no primeiro horário do dia não funcionou. Acordar uma hora mais cedo não é um hábito fácil para um perfil que é mais disposto à noite. Ao longo dos 30 dias, Regina apareceu na academia apenas 5 vezes. 

O confronto dos resultados com os objetivos do plano de ação, mostra a necessidade de algumas mudanças. No próximo passo, vamos entender como recalcular a rota e definir estratégias reais que se encaixam com a rotina da Regina.  

4. Act (agir) 

Quando o resultado não sai conforme o planejado, significa que a ação e prazo definidos para a resolução da questão não foram eficientes, então, se faz necessário mudar os planos e testar novas possibilidades. 

Nos casos em que os resultados saem exatamente conforme o esperado, é possível seguir com a estratégia, mas sempre atento ao processo. 

Agora vamos analisar os resultados e traçar novas estratégias de execução para o exemplo que estamos trabalhando. 

Nos primeiros 30 dias de execução, ficou claro que as ações sugeridas não atendem a rotina de Regina, então será necessário criar novas ações para o que objetivo inicial seja cumprido: 

  • Ação para seguir o cardápio: Regina pode preparar as refeições indicadas no cardápio nos domingos, congelar as marmitas e comer ao longo da semana;  
  • Ação para aumentar o consumo de água: manter sempre à vista na mesa do trabalho uma garrafa ou copo d'água. Assim fica mais difícil esquecer o compromisso de ser manter hidratada;   
  • Ação para ter constância na academia: trocar o horário do treino para depois do expediente. Regina tem mais disposição à noite, então vamos aproveitar essa energia para mudar o horário das atividades físicas.  

Com os ajustes identificados, voltamos para a primeira parte do método PDCA, o planejamento. O ciclo se repete em busca da melhoria constante.  

Por que usar o Método PDCA na sua vida pessoal e profissional

Você tem à sua disposição uma ferramenta gratuita, que se adapta a diversas situações profissionais e pessoais, cujo objetivo é resolver o seu problema. Por que não usar?  

O método PDCA ensina muito mais que uma sequência de passos. Com ele se aprende a observar, entender cenários a partir de números incontestáveis, buscar soluções e melhorias para problemas. 

E o mais importante: o método também ajuda a ter disciplina e colocar ordem e regras nos seus planos.  

Experimente aplicar o método para melhorar a sua performance profissional, seja para se especializar naquele curso que você sempre sonhou, conquistar uma carreira de destaque trabalhando com o que ama ou ainda desenvolver habilidades do futuro, como a autogestão. 

Você consegue aplicar o método nos cursos de pós-graduação da Newton Paiva, por exemplo, em que a metodologia ativa já estimula um aprendizado prático. 

A Pós +Carreira EAD Newton Paiva também oferece consultorias quinzenais com profissionais experientes do mercado, graças ao programa de aceleração profissional. Esse programa oferece ferramentas para um aprendizado dinâmico, com temas atuais e certificações trimestrais que vão fazer você se destacar no mercado.  

Comece sua pós-graduação EAD agora mesmo! Inscreva-se grátis.

Como usar o Método PDCA 

Faça um teste e aplique o método PDCA em alguma questão que precise desse tipo de atenção. Siga a metodologia e entenda na prática a importância de não pular etapas e manter constância.  

Vale lembrar que é fundamental entender a teoria do método antes de pôr as etapas em prática. Dessa forma você evita interpretações equivocadas, tempo perdido e mais projetos frustrados. 

Outro ponto importante é estabelecer metas possíveis. Não adianta querer resolver problemas que demandam tempo e atenção em um prazo muito pequeno. Planeje com atenção e considere o tempo real das ações para não se frustrar.  

Agora que você aprendeu que existem técnicas para tomar decisões melhores, comece a aplicar o método PDCA nos seus estudos, carreira e problemas do trabalho. E lembre-se de respeitar a ordem das etapas e os tempos dos processos. 

Comece pelo diagnóstico e análise para criar o plano de ação. Não tenha medo de pôr a mão na massa e seguir as estratégias que foram traçadas na primeira etapa do projeto. Confira se os resultados atendem as expectativas dos objetivos e, por fim, corrija as falhas e melhore os acertos, até bater sua meta. 

Conquistar o sucesso profissional exige dedicação, análise do que foi feito no passado, olhos voltados para o futuro e sentidos atentos para o mercado. Esperamos que você tenha sucesso na sua jornada de conhecimento! 

Mercado de Trabalho

Veja mais conteúdos da Newton Paiva sobre EAD e educação

Conheça a importância da leitura para a formação profissional

A importância da leitura é uma questão que nos atravessa desde os anos iniciais da educação e (por que não?) continua ...
13 min de leitura

Como fazer networking: o que muda no pós-pandemia?

Como fazer networking quando nossos hábitos estão muito diferentes no pós-pandemia?
12 min de leitura

Nomadismo digital: o sonho de trabalhar de qualquer lugar do mundo

Imagine ligar o seu notebook e trabalhar na praia, na fazenda ou em uma casinha de sapê? 
22 min de leitura
Ver mais conteúdossobre Mercado de Trabalho