Conheça nossos cursos
Conheça nossos cursos

Mercado de Trabalho

Conheça a importância da leitura para a formação profissional

BLOG NEWTON PAIVA

Os melhores conteúdos sobre EAD e educação

Mercado de Trabalho

Conheça a importância da leitura para a formação profissional

Blog da Pós EAD da Newton
Por Blog da Pós EAD da Newton em Jun 29, 2022 12:15:00 AM | 13 min de leitura

A importância da leitura é uma questão que nos atravessa desde os anos iniciais da educação e (por que não?) continua presente em toda a nossa existência.

Nos últimos anos, o Brasil vem perdendo o seu número de leitores. É o que apontam os dados de uma pesquisa realizada desde 2015, mas você sabe dizer por que isso é preocupante?  

Continue a leitura e saiba mais sobre todos os benefícios que a leitura pode te proporcionar. 

Cenário da leitura no Brasil
Qual é a importância da leitura e os benefícios que traz
Qual é o papel do professor no incentivo à leitura

Acelere sua carreira com a pós-graduação EAD da Newton Paiva!

Cenário da leitura no Brasil 

De acordo com os dados divulgados pela quinta edição da pesquisa Retratos da Leitura no Brasil, realizada pelo Instituto Pró-Livro, divulgada em 2020, o país perdeu cerca de 4,6 milhões de leitores. 

Este fato isolado já é preocupante, mas os dados vão além. 

O estudo ainda revela que apenas 52% da população nacional mantém o hábito de leitura, tendo a média de livros lidos no período de um ano em 4,2 livros por pessoa. 

Este dado, no entanto, permanece intacto desde a primeira edição da pesquisa, realizada em 2015 pela fundação. 

Ainda, quando tencionamos um pouco mais as análises, podemos perceber que o recorte socioeconômico também apresentou resultados significativos.  

As classes A e B detêm os maiores níveis de leitura em comparação às classes C, D e E.

Em contrapartida, possuem o índice de queda de leitura mais alto, chegando a 12%, contra apenas 5% das classes menos favorecidas. 

Além disso, os dados revelam os hábitos de leitura por localização geográfica e por faixa etária.

Os leitores mais assíduos são aqueles entre 11 e 13 anos, composta por 81% de toda a base de pesquisa. 

Os dados são, de certa forma, preocupantes, pois revelam o quanto nosso corpo social desvaloriza o papel da leitura.

Afinal, a fatia mais expressiva em número de leitores é a dos adolescentes, pessoas que estão em período escolar em que a leitura é quase uma obrigação imposta pelo vestibular. 

Vale a pena ressaltar que, ainda que os adolescentes tenham uma certa “obrigação” ao hábito, isso não tira da escola o papel importante de introduzir a leitura na vida desses cidadãos. 

Entender a importância da leitura e o papel que ela ocupa em nossas vidas vai muito além de ler os clássicos e conseguir boas notas em provas de qualificação.

Qual é a importância da leitura e os benefícios que traz

Qual é a importância da leitura e os benefícios que traz 

Antes de falarmos sobre a importância da leitura, vamos fazer uma pausa e refletir sobre a importância da literatura.

Afinal, são dois valores interligados.  

E para isso, vamos pegar emprestado algumas palavras do sociólogo, crítico literário e professor Antonio Candido, mais precisamente da terceira parte do texto “Direito à literatura”: 

“Chamarei de literatura, da maneira mais ampla possível, todas as criações de toque poético, ficcional ou dramático em todos os níveis de uma sociedade, em todos os tipos de cultura, desde o que chamamos folclore, lenda, chiste, até as formas mais complexas e difíceis da produção escrita das grandes civilizações”. 

E continua, “vista deste modo a literatura aparece claramente como manifestação universal de todos os homens em todos os tempos. Não há povo e não há homem que possa viver sem ela, isto é, sem a possibilidade de entrar em contato com alguma espécie de fabulação”.

No texto, o sociólogo defende a literatura como direito básico humano e apresenta alguns pontos, como este acima, que falam sobre o papel da literatura em todas as suas formas.

O autor também aborda todos os desdobramentos presentes em nosso cotidiano.  

Em outro texto, ressalta que a literatura não corrompe nem edifica, mas, sim, nos humaniza pois nos faz viver. 

Tendo a literatura então, um papel tão presente em nossas ações, o “viver” seria o “ler a vida”, afinal, como já citamos, literatura e leitura são dois mundos intimamente conectados.

Antonio Candido importância da leituraNa imagem: Antonio Candido

Saindo um pouco das questões do que é literatura ou não, vamos voltar à importância da leitura: ela tem um papel fundamental no desenvolvimento humano. 

No âmbito profissional, podemos dizer que a leitura é um meio de estarmos constantemente ligados com nossa área de atuação.

Como uma espécie de educação continuada, um aperfeiçoamento constante que só depende de nós. 

É por meio dela, a leitura, que somos inseridos de maneira mais íntima nas questões que atravessam o nosso trabalho, conhecendo métodos, estudos, rotinas e todo o universo que cerca um ofício.  

Claro que a vivência proporciona o aprendizado prático dentro de um espaço de trabalho, mas a leitura tem o poder de nos instruir e preparar para as situações, sem que elas sejam de fato uma preocupação imediata. 

Assim sendo, a importância da leitura, seja ela de textos fictícios ou de manuais elaborados sobre assuntos específicos, atravessa nossa existência, nos permitindo experimentar novas situações sem correr grandes riscos. 

Abaixo, listamos alguns benefícios que a prática da leitura traz para as pessoas: 

1. Aprimora o vocabulário 

Independentemente do objeto de leitura, seja um livro, uma revista, um folheto ou um artigo de blog, qualquer peça de texto possui a capacidade de abarcar diferentes palavras e, assim, contribuir para a aquisição de vocabulário. 

Nas fases iniciais da educação, o processo de leitura é imprescindível para aumentar o repertório da criança.

Sua importância permanece na vida adulta, já que, a cada nível escolar ou até mesmo no trabalho, nos vemos cercados por novas expressões e jargões únicos de contextos diferentes. 

Neste sentido, a leitura contribui para uma aproximação daqueles termos e a assimilação por parte do leitor de forma orgânica e contextualizada. 

Quem nunca parou uma leitura para buscar uma palavra no dicionário que atire a primeira pedra! 

2. Enriquece o conhecimento cultural 

Para além da aquisição de novas palavras, ler também nos aproxima de novas informações, visões de mundo diferentes e, muitas vezes, de novas perspectivas que só são possíveis por meio deste ato. 

Os livros de história são o exemplo máximo desse aspecto, é claro. Porém as possibilidades não se esgotam neles. 

Afinal, mesmo em leituras ficcionais podemos identificar paralelos que nos ajudam a entender a sociedade e nossas próprias condições. 

3. Estimula a criatividade 

Há muito tempo a criatividade deixou de ser mistificada como um dom. Hoje sabemos que existem mecanismos para exercitá-la, entre eles a leitura. 

Por meio dela, nos deparamos com situações novas, contextos diferentes, conflitos que nunca enfrentaríamos em situações reais. 

Essa exposição a situações completamente novas tem o efeito de nos fazer mergulhar nas páginas e vivenciar todos os acontecimentos sob uma perspectiva de sujeito ativo.

Afinal, se pararmos de ler, tudo aquilo passa a não acontecer mais. 

Conforme nos envolvemos com a leitura, um mundo de novas perspectivas se abre para nós. 

4. Melhora a concentração 

Sim, parece um paradoxo, mas é justamente isso. O hábito da leitura, ou seja, ler regularmente, auxilia no desenvolvimento da concentração. 

Isso mesmo, desenvolvimento! 

Os ganhos não são do dia para a noite, mas, ao estabelecer uma rotina de leitura, fica cada vez mais fácil focar. 

5. Aguça o senso crítico 

A leitura provoca inúmeros sentimentos, como alegria, raiva, tristeza e descontentamento.

Ela também estimula a curiosidade, aguça os sentidos e faz o cérebro funcionar. 

Dessa forma, os leitores ávidos trabalham com frequência sua capacidade cognitiva, fazendo com que o questionamento seja uma constante. 

Essas pessoas têm a capacidade de flexionar ideias e desdobrar conceitos de maneira muito mais hábil do que indivíduos que não têm contato com a leitura. 

Isso acontece porque uma das premissas da leitura é a antecipação de fatos, que ocorre assim que recebemos uma informação e tentamos processá-la. 

6. Aperfeiçoa habilidades de escrita 

Somando todos os benefícios que vimos até aqui, fica fácil entender o motivo da leitura ajudar no processo de escrita, certo? 

Com a aquisição de vocábulo, estímulos para o cérebro, melhora no pensamento crítico…Tudo reflete na composição textual. 

Ler aperfeiçoa as habilidades de escrita em termos quantitativos — mais palavras e mais ideias — e qualitativos — maior senso crítico leva a elaborações e paralelos mais bem estabelecidos. 

Um exemplo prático disso é que nenhum estudante de MBA ou pós-graduação consegue concluir suas teses ou artigos sem ter contato com as literaturas de seu campo de estudo, certo?

Para isso, a leitura é ferramenta fundamental.

Qual é o papel do professor no incentivo à leitura 

Qual é o papel do professor no incentivo à leitura 

Independentemente do espaço educacional, a leitura possui papel fundamental na obtenção de conhecimento por parte do estudante. 

Nos primeiros anos do processo, marcado pela alfabetização, a leitura é um componente de suma importância na obtenção de vocabulário, por exemplo, e cabe ao professor o papel de fomentar o interesse da criança. 

A leitura também desempenha um papel importante na adaptação de estudantes com necessidades especiais, tendo protagonismo na relação de desenvolvimento de linguagem expressiva e compreensiva destes alunos. 

Em cada fase da educação, o professor tem a importante missão de instaurar o hábito de leitura nos alunos, mostrando como ela é fonte abundante de informação e satisfação.  

Por mais que se pense que esse é um dever apenas de quem ensina Língua Portuguesa, esse é um mito que precisa ser erradicado. 

A leitura atravessa toda e qualquer disciplina, desde os primeiros anos escolares até os níveis de ensino superior e especializações. 

Dessa forma, cabe aos professores provocarem os alunos com sugestões, questionamentos, tudo o que for possível para fazer com que eles despertem o interesse pela leitura, cultivando seus próprios gostos e hábitos. 

Depois de tudo o que te mostramos, fica mais fácil entender a importância da leitura não só na formação profissional, mas também no próprio desenvolvimento pessoal, não é mesmo? 

O profissional da educação enfrenta vários desafios no processo de despertar o interesse de seus alunos nesse universo, mas existem ferramentas que podem ajudá-lo nesse caminho. 

A Newton oferece um curso de pós-graduação com foco em Ensino de Leitura e Produção Textual EAD voltado para as melhores metodologias de ensino da área para ajudar professores a fomentar esse hábito tão importante.

Não deixe de conferir!

Leia também:

 

Comece sua pós-graduação EAD agora mesmo! Inscreva-se.

Mercado de Trabalho

Veja mais conteúdos da Newton Paiva sobre EAD e educação

Metodologia Lean: o que é, como funciona e como aplicar

Você já ouviu falar sobre Metodologia Lean? 
16 min de leitura

Como fazer networking: o que muda no pós-pandemia?

Como fazer networking quando nossos hábitos estão muito diferentes no pós-pandemia?
12 min de leitura

Nomadismo digital: o sonho de trabalhar de qualquer lugar do mundo

Imagine ligar o seu notebook e trabalhar na praia, na fazenda ou em uma casinha de sapê? 
22 min de leitura
Ver mais conteúdossobre Mercado de Trabalho